O dia que YouTube me sabotou, ou por que resolvi criar minha própria plataforma de vídeos

Publicado em 13/12/2021

Olá pessoal! O YouTube por alguma razão bloqueou todos os meus vídeos alegando que eram conteúdos que iam contra as diretrizes da plataforma, o que não faz sentido, já que eram vídeos que eu mesmo gravei demonstrando o meu trabalho e como funcionava os meus produtos. Estou atuando para corrigir o problema, mas enquanto isso, alguns vídeos estão indisponíveis. Peço que aguardem até que tudo esteja normalizado.

Aqui nesse link, você pode ver todo o meu relato sobre o caso.


No dia 10 de dezembro de 2021, o YouTube unilateralmente apagou meu canal e todos os meus vídeos, alegando que eram conteúdos de bullying, ameaças e intimidação. Todos os meus vídeos eram na verdade, vídeos tutoriais sobre os meus sites, lojas virtuais, aplicativos e plugins, o que torna essa ação do YouTube além de mentirosa, injusta.

Como eu não posso deixar todos os meus clientes que compraram ou contrataram algum serviço comigo, sem os vídeos manuais ou de instrução, tive que criar minha própria plataforma de vídeos, a diogenes tv. Só pude desenvolver algo assim, a minha própria versão do YouTube, graças a “força do ódio”. É claro que é uma plataforma básica, mas o suficiênte para o momento.

O pior erro deles, além de me acusarem de algo que terão que provar judicialmente, foi provocar um desenvolvedor de software que pode criar um produto semelhante ao deles.

No vídeo abaixo eu conto como se deu a decisão unilateral e autoritária do YouTube:

Por causa do ocorrido, acabei encontrando vários e vários casos semelhantes, onde o YouTube apaga canais “por que sim”, inclusive casos de canais que não postavam conteúdo. A materia do site consultor júridico, ainda aponta que essa conduta já tem jurisprudência no Brasil, onde o YouTube foi obrigado a restaurar dois canais que haviam sido deletados sem qualquer prova de que o dono fez algo de errado:

“Com a decisão, percebe-se a atuação judicial para frear arbitrariedades nas decisões unilaterais ou automatizadas de remoção de vídeos, impedindo-se que por alguns supostos vídeos violadores, todos os canais de criadores sejam excluídos, com bloqueio de monetizações”, aponta o advogado José Antonio Milagre, que atuou no caso.

Parece que o YouTube tem um problema ou falha sistemica (ou talvez humana) que resolve apagar canais sem qualquer critério, e apesar das alegações dadas por eles, nenhuma dessas mesmas alegações podem ser provadas.

No vídeo abaixo, uma pequena demonstração sobre como funciona a diogenes.tv:

Você pode acessar a diogenes tv clicando diretamente nesse link.

E para você YouTube, nos vemos muito em breve na justiça.


diogenestv YouTube

Junte-se a mais de 150 clientes que já estão transformando o mundo digital & mobile!

Quero um orçamento